Águeda, Aveiro, 24 de Maio de 2022

Albergaria: Câmara dinamiza sessão com IPSS sobre reabertura dos Centros de Dia

20 de Agosto 2020

No âmbito da publicação do Guião Orientador para a Reabertura da Resposta Social Centro de Dia, a Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha organizou, esta tarde, uma sessão de esclarecimento dirigida a IPSS com centro de dia, centro de convívio e outras respostas para a terceira idade. A ação foi orientada pela Delegada de Saúde Irene Francisco e, para além de apresentar as linhas gerais do guião, teve como objetivo esclarecer as dúvidas que as instituições possam ter sobre as novas regras de funcionamento em tempos de Covid-19.

O Guião Orientador define um conjunto de regras a observar na reabertura da resposta social Centro de Dia, no sentido de orientar e harmonizar o processo, de modo seguro e informado, tendo em vista a segurança dos utentes, das suas famílias, dos profissionais e voluntários afetos à resposta social. O funcionamento terá de garantir o estrito cumprimento das medidas de prevenção e controlo preconizadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) para a COVID-19 e, principalmente, não permitir o cruzamento entre utentes e colaboradores das outras respostas sociais, nem a partilha de espaços.

O Presidente da Câmara Municipal, António Loureiro, reconheceu o esforço das IPSS Albergarienses e a sua vontade de colaborar com as entidades oficiais. No Estado de Emergência vivido há alguns meses, o autarca sublinhou que a forma equilibrada de encontrar soluções em parceria, envolvendo as autoridades de saúde, o Município e as instituições, permitiu que, muitas vezes, Albergaria-a-Velha se antecipasse às medidas do Governo.

Sabendo que as novas exigências para fazer face à Covid-19 vão causar alguns constrangimentos, António Loureiro aproveitou a ocasião para divulgar os principais apoios e programas financeiros em curso destinados às IPSS, reiterando que o Município está completamente disponível para ajudar no que for preciso.

“Estes são momentos difíceis para todos, que vivemos com apreensão e incertezas”, afirmou Catarina Mendes, Vereadora da Ação Social. No entanto, sabendo antecipar os diferentes cenários e fortalecendo o trabalho em rede, a autarca acredita que é possível dar a melhor resposta possível aos utentes que precisam de acompanhamento após tantos meses em casa, e também a outras faixas da população mais vulneráveis, que recorrem às IPSS. “Antecipando, vamos nos fortalecendo para o que vier a acontecer”.


Todos os direitos reservados • Rádio Soberania - Águeda

Rua José Sucena nº120, 3º andar Águeda, Aveiro, Portugal

Powered by DIGITAL RM