Águeda, Aveiro, 19 de Abril de 2024

Aveiro 2024 apresenta agenda do 2º trimestre sob o tema Cultura e Democracia

29 de Fevereiro 2024

O tema ‘Cultura e Democracia’ é fio condutor dos eventos dos próximos três meses de Aveiro 2024 – Capital Portuguesa da Cultura. A programação conta com artistas de renome nacional e internacional em diversas áreas artísticas.

A Câmara Municipal de Aveiro apresentou hoje na BTL em Lisboa, a programação para o 2.º trimestre. A apresentação esteve a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Aveiro, José Ribau Esteves, e do coordenador de Aveiro 2024, José Pina.

Concertos, peças de teatro, espetáculos de dança e exposições são algumas das propostas da primeira Capital Portuguesa da Cultura para os meses de abril, maio e junho, que se desenvolvem em torno do tema ‘Cultura e Democracia’.

“O tema do segundo trimestre de Aveiro 2024, ‘Cultura e Democracia”, é de uma importância fundamental nos dias de hoje. Os mais recentes acontecimentos um pouco por todo o Mundo demonstram a necessidade de fazermos da interligação entre a Cultura e a Democracia uma renovada força da nossa sociedade. No momento em que Portugal celebra os 50 anos do 25 de abril, quisemos abordar este assunto de forma aberta e sublinhar a relevância da liberdade, da igualdade, do diálogo e da participação cívica na construção de uma sociedade mais justa, solidária, próspera e respeitadora da diferença”, afirma o Presidente da Câmara de Aveiro.

Entre os momentos altos do 2.º trimestre de Aveiro 2024 estão espetáculos como Idiota, de Marlene Monteiro Freitas; Mercado das Madrugadas (ou manuais de instruções para revoluções futuras), de Patrícia Portela; Muda, de Clara Andermatt; Fado Alexandrino, de Nuno Cardoso/Teatro Nacional São João; e Quis Saber Quem Sou, de Pedro Penim/Teatro Nacional D. Maria II. Destaque também para os concertos de Moonspell, Pedro Mafama e Lina.

Nos próximos três meses são ainda inauguradas duas exposições, em parceria com a Fundação de Serralves e a Fundação Cupertino de Miranda, sendo ainda de assinalar a realização da bienal Aveiro_Síntese, dedicada à música eletroacústica, e a estreia do New Deal of Arts And Politics, um festival onde a arte, a política e o pensamento se cruzam.

Assumem um papel muito relevante neste trimestre a celebração do Dia da Marinha, que terá diversas ações entre os dias 4 e 19 de maio, bem como o Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades, a 10 de junho. Nesta data, que assinalaremos de forma original, será também inaugurada uma escultura de Rui Chafes, que ficará na Praça General Humberto Delgado / “Pontes” e que é uma homenagem da Câmara de Aveiro à Cultura Portuguesa e a Portugal.

Aveiro é a primeira Capital Portuguesa da Cultura. Tendo por mote “O ano como palco. Um cenário infinito”, Aveiro 2024 tem por objetivo confirmar Aveiro como um lugar de cultura, de criação e de apresentação artística, propondo um calendário intenso de atividades nas mais diversas áreas.


Todos os direitos reservados • Rádio Soberania - Águeda

Rua José Sucena nº120, 3º andar Águeda, Aveiro, Portugal

Powered by DIGITAL RM